Hidratação para idosos – Considerações especiais

2Hidratação para idosos – Considerações especiais

As necessidades de líquidos dos idosos são as mesmas dos adultos mais jovens. No entanto, os idosos tendem a beber menos do que seus corpos precisam por vários motivos. Com a idade, o corpo perde sua capacidade de detectar a sede. Alguns idosos também sofrem de deficiência de memória, imobilidade ou doenças – e tudo isso pode resultar em uma menor ingestão de líquidos. Além disso, determinadas medicações também podem bloquear o mecanismo da sede.

A desidratação pode ser um problema grave em idosos. Ela está associada ao maior risco de quedas, infecções no trato urinário, doenças dentais, distúrbios broncopulmonares, pedras nos rins, câncer, constipação e perda da função cognitiva.

Dicas para ajudar idosos se manterem hidratados:

Incentive os idosos a beberem líquido ao longo do dia mesmo se não estiverem com sede.
Mantenha as bebidas que eles mais gostam próximas, de preferência já colocadas em copos inquebráveis e taças que sejam fáceis da segurar e difíceis de virar.
Ofereça alimentos ricos em líquidos. Ofereça sopas, picolés, gelatinas ou outros alimentos aromatizados ricos em líquidos sempre que possível.
Se você achar que um idoso não está ingerindo líquidos de que precisa ou que pode estar apresentando sinais de desidratação, procure um profissional da área médica.

Para obter dicas sobre como se manter hidratado, consulte nossa lista de verificação da hidratação abaixo:

Lista de verificação da hidratação

A escolha de bebidas que se ajustem ao seu nível de atividade e ao seu estilo de vida é essencial para uma hidratação adequada desde que, fiquem dentro das necessidades energéticas do corpo. Se você estiver controlando as calorias que consome, pense em escolher uma bebida de baixa ou sem calorias – ou uma quantidade menor da sua bebida calórica regular favorita. O nosso gráfico de comparação de calorias pode ajudar você a ficar sabendo do conteúdo calórico das bebidas que ingere.

Consuma bebidas a cada refeição e lanche.
Escolha as bebidas que você gosta. Vários estudos mostram que crianças ativas consomem mais líquido quando são aromatizados em comparação à água pura. Mas lembre-se que todas as calorias contam, inclusive as das bebidas calóricas.
Coma mais frutas e vegetais. As frutas e os vegetais tendem a ter mais água, o que os torna uma opção excelente para ajudar você a suprir suas necessidades de hidratação.
Não confie exclusivamente na sede. Às vezes, ela não é uma medida confiável de hidratação por conta de medicações ou outras condições de saúde. Mantenha uma garrafa com água ou uma bebida sobre a mesa, no carro, na bolsa ou onde você seja lembrado de beber.
Mantenha as bebidas a uma temperatura moderada. Os líquidos servidos em temperaturas moderadas – temperaturas nem quentes nem frias – tendem a ser consumidos em volumes maiores.
Siga as recomendações do American College of Sports Medicine quanto à ingestão de líquidos antes, durante e depois de atividades físicas.
Durante o exercício prolongado ou exposição ao calor, que resulte na perda de sódio através da transpiração, é importante consumir sódio e outros eletrólitos, em conjunto com líquidos, a fim de evitar a hiponatremia, uma doença grave em que o nível de sódio no sangue se torna muito baixo.

Leave a Reply