Encontro sobre Segurança Alimentar e Nutricional reúne profissionais ligados ao assunto

Um auditório repleto, com representantes da sociedade civil e também de secretarias com ações afins à pauta do Encontro, além dos integrantes do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsea), conheceu parte das ações empreendidas pelo poder público, relacionadas à Segurança Alimentar e Nutricional, na tarde de ontem (26/10), em Encontro realizado na Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento. Além das ações do município, os participantes puderam tomar conhecimento da experiência da construção e efetivação do Plano de Segurança Alimentar e Nutricional da Cidade de São Paulo O Prefeito de Piracicaba, presente na abertura, ressaltou a importância deste tipo de encontro para troca de experiências “Nós precisamos, evidentemente trocar experiências e ver a melhor forma de fazer com que haja segurança alimentar e que as pessoas consigam se alimentar bem, o que significa produzir bem, com produtos de boa qualidade e tenham acesso aos alimentos.” Ele frisou que a segurança alimentar carece de uma economia dinâmica, que gera emprego e renda. “Se você não tem uma economia extremamente dinâmica, você precisa que as políticas públicas suplementem. E aí o trabalho de educação, com a merenda escolar, um trabalho da Secretaria de Agricultura, que olha para a produção e também para a distribuição, com os varejões municipais, por exemplo.” Após a fala do Prefeito, Jacqueline Alves, presidente do Comsea, apresentou um histórico do trabalho do Comsea e relatou que o conselho está na fase de adequação da lei de criação e composição do conselho à lei nacional, que é uma das condicionantes para que o município possa aderir ao Sisan (Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional). Na sequência, Natália Gerbim, que é do Instituto Terra Mater e integrante do Comsea pela sociedade civil, explicou que a questão alimentar é multifatorial e não diz respeito a um único campo e deve ser tratada nos mais diversos âmbitos. “A gente precisa olhar para esta cadeia alimentar que estamos inserindo e isso significa olhar desde a produção de alimentos (como produz, quem produz, porque está sendo produzido daquela forma), até chegar na outra ponta que é o consumo (o que a gente consome, como, porque, de que forma), então a segurança alimentar vai olhar para todas esta cadeia”. Posteriormente a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), Eliete Nunes, explanou sobre a ação da pasta para garantir segurança alimentar e nutricional. Eliete lembrou que dentre as ações que a pasta empreende sobre o assunto, o bolsa-família é uma ação importante, porque garante uma transferência de renda para que as pessoas possam ter acesso aos alimentos. Eliete também lembrou que o trabalho desenvolvido pela assistência de mapear e identificar situações de insegurança alimentar para que ações sejam empreendidas de forma intersetorial. Evelise Moda, engenheira agrônoma da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Sema), relatou sobre o trabalho feito pela Sema, que vai desde arrumar estradas rurais, que garantem que haja escoamento da produção, até ter vários varejões municipais, que acabam fazendo a ponte dos produtores com o consumidor, com preços melhores para quem compra. Finalizada a fala de Evelise, o geógrafo Leandro Costa Cuerbas, que integrou a equipe da Prefeitura de São Paulo e foi secretário-executivo do Comusan – que é o conselho congênere de São Paulo – falou sobre a experiência de articular o Caisan (Câmara Intersecretarial de Segurança Alimentar) no município de São Paulo, que é outra condicionante de adesão ao Sisan e a elaboração do Plano Municipal de Segurança Alimentar, que é o compromisso que o município assina quando adere ao Sistema. Após as explanações, funcionários da merenda relataram a qualidade da merenda escolar do município e a experiência de algumas escolas na produção de hortas e também foi lembrado o trabalho desenvolvido pela Coordenadoria em Programas de Alimentação e Nutrição (Cpan), ligado a Secretaria Municipal de Saúde. O Encontro Comsea: Desafios da Segurança Alimentar e Nutricional em Piracicaba teve realização do Comsea e apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) e da Sema.

Centro de Comunicação Social Sabrina Rodrigues Bologna: 31076

Leave a Reply